sábado, 9 de janeiro de 2016





carregava no rosto
todas as incertezas
de um final de mês

e na alma
o equilíbrio
entre o sei lá
e o talvez.

Um comentário: