terça-feira, 6 de outubro de 2015




o cansaço
vem roubando
os sonhos de mim
cada dormida é um apagão
sem sonhos ou pesadelos
apenas um imenso vazio
escuro e reconfortante
de estar em queda livre
sem céu, sem chão
longe de tudo, longe do mundo
quem precisa de sonhos
quando se tem o vazio?

Um comentário:

  1. Temo que eu
    precise
    de sonhos.
    Preciso me sentir
    raptado pela imaginação
    para, assim, descansar
    o cansaço do cotidiano.

    Lindo poema o teu. Espero que tu se recupere! Nunca se apague.

    ResponderExcluir