terça-feira, 21 de julho de 2015

você foi apenas um "também"
de passagem por vidas alheias
explico:


como eu gosto de você!
- também!
saudades suas
- eu também.
queria você aqui comigo
- eu também.
nosso sexo é tão bom
- também acho.
vamos fazer algo diferente esse fds?
- também queria, mas o que?
estou nos sentindo tão distantes
- também percebi isso
acho melhor a gente dar um tempo
- também
adeus
- também.

Um comentário:

  1. E no meio de tantos "também" a gente se perdeu... o também virou "tudo bem, tanto faz", e foi isso que aconteceu! :/

    Lindo poema! Parabéns Kaio!!!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir