sábado, 28 de janeiro de 2017





nós que nos achamos perdidos por aí
escolhemos nos compartilhar
e viajar do céu ao inferno todos os dias
tínhamos tudo pra dar errado
e estamos dando certERRADcerto

percebi que poderia ser amor 
por causa do silêncio
o nosso silêncio era diferente
ninguém tentava convencer ninguém
quando não tínhamos mais o que falar
nos calávamos e conversávamos com o corpo

percebi que poderia ser amor 
num dia desses que fiquei com vontade de te matar
acho que você também já quis me matar(sempre quer)
e aí do nada a vontade de matar 
vira vontade de dar carinho

quando estamos longe
sem sinal, sem wi-fi, sem tato
a cabeça virava uma bagunça
só eu, você e deus sabemos 
como é bom o gosto do reencontro 

me dividir com você me constrói, destrói e reconstrói
para no final estar mais forte ainda comigo mesmo

por alguns momentos esqueço de muitas coisas
vazio, solidão, angústia, cachaça, fumaça
e levo comigo muitas outras
felicidade, prazer, aconchego, amizade, vida
cachaça, fumaça

sempre nos amamos
cara aberta ou fechada
perna cruzada
ou entrelaçadas
tapas na minha cara
ou na sua bunda
um grito ou um leve sussurro
eu no céu da sua boca
você dentro de mim

Um comentário: