quarta-feira, 6 de maio de 2015


me desculpem os tropeços
confesso, não estou habituado
a ter a idade que tenho
quando estou me acostumando
a vida vem 
e me consome 
mais um ano. 

Um comentário:

  1. Cara, muito legal como tu junta tanta simplicidade e densidade num só poema, gostei mesmo. Vi teu poema sobre as mães no face vim atrás de mais e gostei muito do que vi. Quam sabe possamos trocar algumas idéias, acabei de curtir sua página lá.
    Abraço e paz,
    Otávio M. Silva.

    ResponderExcluir